Carregando

Blog

Júlio Verne: um escritor à frente de seu tempo

Escola

JulioVerne

Hoje é dia de homenagear o escritor que é considerado, na literatura, o pai do gênero de ficção científica: o escritor francês Júlio Verne.O escritor Jules Gabriel Verne (conhecido nos países de língua portuguesa como Júlio Verne ) nasceu no dia 8 de fevereiro de 1828 na cidade de Nantes, na França.

Primogênito de uma família de cinco filhos, Verne ficou conhecido por ser o inventor do gênero literário de ficção científica, tendo descrito em suas obras eventos e avanços científicos que viriam a existir apenas muitas décadas depois, como a viagem do homem a lua e o submarino.

Já imaginou como seria louco se de alguma forma pudéssemos trazer Júlio Verne para os tempos atuais e ele ter a chance de ver que algumas de suas previsões se tornaram reais?

Já que essa é uma data especial, nada melhor do que conhecermos melhor sobre a vida, as previsões futurísticas e curiosidades sobre a vida deste incrível escritor. Vamos lá?

A importância de Paris para Júlio Verne

Mandado a Paris por seu pai, que pretendia que Júlio seguisse a carreira de advogado, foi na "Cidade Luz" que o Verne passou a ter mais interesse pelo teatro em detrimento da carreira no direito.


Nessa época ele escreveu algumas operetas e peças teatrais e optou por seguir a carreira literária. Foi em Paris que ele conheceu e ficou amigo de escritores famosos, como Alexandre Dumas e Victor Hugo .


Porém o encontro mais decisivo que ele teve em paris foi com o escritor e editor Pierre Hetzel, que o aconselhou a seguir a carreira literária, e acabaria virando amigo e editor de suas obras, que resultou em uma parceria que rendeu bastante sucesso e fama tanto para Júlio Verne, quanto para suas obras.

JulioVerne2

Previsões futurísticas


Da Terra à Lua


O escritor francês descreveu em em sua obra "Da Terra à Lua" módulos de viagem que seriam enviados para o espaço por canhões capazes de vencer a gravidade e, inclusive, o ponto exato de partida da missão Apollo 11, que foi da Flórida à Lua em 1969.


Nessa mesma obra, ele descreveu espaçonaves que seriam movidas pela luz e que seriam equivalentes a tecnologia de velas solares usadas por espaçonaves modernas.


Vinte Mil Léguas Submarinas


Já em " Vinte Mil Léguas Submarinas", descreveu o submarino "Nautilus" que seria movido a eletricidade, tendo o Submarino surgido somente mais de uma década após o relato de Verne.


Além disso, nesse mesmo livro ele descreveu uma arma capaz de lançar projéteis de eletricidades estática, arma essa bem semelhante aos teasers atuais.

O Dia de Um Jornalista Americano no Ano 2889


Já em O Dia de Um Jornalista Americano no Ano 2889, Verne descreveu o que depois de oitenta anos viriam a ser os jornais transmitidos na televisão, um veículo onde jornalistas e cientistas iram contar os acontecimentos do dia.


Da mesma forma, ele descreveu o ?fonotelefoto? que seriam aparelhos capazes de enviar informações, áudio e imagens dos acontecimentos em tempo real, em uma espécie de tela, que seria bem similar no contexto de hoje em dia aos computadores e smartphones que utilizamos.



Curiosidades


  • Teve mais de 100 livros publicados;


  • Entre os mais conhecidos estão Vinte mil léguas submarinas, A volta ao mundo em 80 dias e Viagem ao centro da terra;


  • Atualmente, ele é o escritor cuja obra foi a mais traduzida em toda a história, com traduções em aproximadamente 148 línguas;


  • Verne teve em vida apenas um único filho, Michel Jean Pierre Verne;


  • Após a morte do escritor francês seu filho foi o responsável por completar algumas obras suas inacabadas, como A Missão Barsac.

Sem sombra de dúvidas que Júlio Verne foi e sempre será um dos escritores mais memoráveis que existiram, com uma extensa obra atemporal e capaz de inspirar as atuais e futuras gerações.

Ler as suas obras é mais do que uma homenagem a ele enquanto artista, mas sim um tributo a literatura de maneira geral.

Gostou do assunto do nosso artigo essa semana? Não deixe de acompanhar nosso blog e leia mais dos nossos textos sobre escritores memoráveis.


Até logo!

Anterior Próxima